Game of Thrones | John Bradley afirma ter ficado paranoico com os segredos da 8ª temporada

Samwell Tarly se juntou à Patrulha da Noite no início da primeira temporada de Game of Thrones. De lá para cá, muita coisa mudou na vida do desajeita amigo de Jon Snow. Em entrevista à EW, o ator John Bradley falou sobre a temporada final, a responsabilidade de manter os segredos de um final guardado a sete-chaves e a jornada de Sam.

Sobre o fato de não ser um guerreiro, John Bladley afirmou que personagens como Sam são importantes para a trama:

É por isso que ele é tão importante. Se cada personagem fosse Jon Snow ou Daenerys Targaryen, se todos fossem como eles, as ameaças não importariam. Se todos pudessem lidar com isso tão bem quanto Jon, não importaria. Você precisa de um Sam como um exemplo do que Jon está lutando para proteger.”

Porém, para quem não se recorda, Sam já precisou derrotar um White Walker com vidro de dragão. Indagada sobre o uso da força por um personagem que faz da sua inteligência sua melhor arma, Bradley afirmou ser um recurso a ser considerado:

Sam mostrou algumas vezes que, quando ameaçado, recorrerá à violência. Ele não podia falar com aquele White Walker. Ele descobriu quando a violência é a única resposta, é uma resposta. Sua relação com Gilly e o bebê Sam chegou ao ponto em que ele vai protegê-los a todo custo.

Conforme já sabemos, a oitava temporada vai mostrar uma grande batalha em Winterfell. O episódio dirigido por Miguel Sapochnik levou semanas para ser filmada e levou equipe e atores ao limite. John afirma que se entregou ao máximo e Sam terá participação ativa, mas de uma forma peculiar:

“[Miguel Sapochnik] tem um senso de detalhes tão forense quanto a maneira como consegue ver o ponto de vista de todos esses personagens diferentes em sua cabeça e sabe o que cada um deles significa para eles. É tão inspirador. Ele vai controlá-lo às vezes. Ao fazer essas sequências de luta enormes, você se empolga algumas vezes. Você quer se fazer tão bem quanto possível. Miguel me disse: “Eu sei que você quer mostrar que é muito bom nisso. Mas lembre-se do seu personagem. Sam não é tão bom nisso…Então pare de ser tão bom!

A 7ª temporada de Game of Thrones foi marcada por vazamentos de episódios. Agora, os segredos estão sendo preservados a todo custo. Quando questionado se teria ficado paranoico com essa responsabilidade, Bradley afirmou que sim e que o resultado será impressionante:

Completamente. Você guarda isso com sua vida. Nós nos sentimos responsáveis ​​por manter todos esses segredos. Mas acho que o público ficará encantado. Nunca foi um programa que dá às pessoas exatamente o que elas acham que querem. Se você perguntasse a algum fã do programa que assiste a 3ª temporada, “Você quer que Robb Stark e Catelyn Stark sejam mortos em um casamento ?” Eles diriam: “Não! Nós não queremos isso, estamos com deles, queremos que eles tenham sucesso.” Então acontece e sentimos todas essas emoções e eles perceberam que é o que precisávamos.

John Bradley ainda diz que o melhor momento da série para ele é quando os episódios estão sendo exibidos e os roteiros ainda não chegaram. Ou seja, esse é o momento que eles sabem tanto quanto o público o que vai acontecer na próxima temporada: “Quando os fãs perguntam: o que vai acontecer?”, Podemos dizer: “Não sabemos, não lemos”. Assim que comecei a ler o roteiro, fiquei sabendo que muitas pessoas o mundo quer.

A oitava e última temporada de Game of Thrones estreia em 14 de abril na HBO e HBO GO.

Leia mais:

Fãs da América Latina escolhem os momentos mais impactantes da série

9 teorias que poderiam levar a finais surpreendentes!

Batalha da 8ª temporada demorou 11 semanas para ser filmada e levou equipe e elenco à exaustão

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...