American Gods | Série é renovada para uma 3ª temporada e ganha novo Showrunner

O canal Starz renovou American Gods para uma terceira temporada e promoveu uma mudança. Charles “Chic” Eglee foi nomeado como o novo showrunner. Ele já trabalhou em séries como “Hemlock Grove”, “The Walking Dead”, “Dexter” e “The Shield”.

A segunda temporada, baseada no romance homônimo de Neil Gaiman, estreou no domingo passado nos EUA. Os novos episódios são transmitidos mundialmente pelo Amazon Prime Video, no dia seguinte.

O público continua a adorar no altar de ‘American Gods’ e estamos entusiasmados por poder anunciar a todos os verdadeiros crentes que há mais desta série fantástica por vir“, disse Carmi Zlotnik, presidente de programação da Starz. “Com o Chic ao leme, a visão e contribuições inestimáveis ​​de Neil Gaiman e o inegável talento desse elenco e equipe dedicados, sabemos que o show continuará a cumprir a visão e a promessa apresentadas no romance.

A renovação vem depois que American Gods passou por inúmeras mudanças. Michael Green e Bryan Fuller, que originalmente adaptaram o romance de 2001 de Gaiman para o Starz, deixaram a série após a primeira temporada, por conta de questões de orçamento e direção criativa. Jesse Alexander ocupou a vaga dos dois e finalizou a temporada.

O elenco também sofreu baixas. Gillian Anderson, que interpretou a nova Deusa Media, foi substituída por Kahyun Kim. Kristin Chenoweth, que deu vida a Deusa Páscoa, também deixou a série.

Sobre a renovação, Neil Gaiman, que atua como produtor executivo, emitiu um comunicado:

“Estou emocionado que ‘American Gods’ tenha sido renovada para uma terceira temporada, e ainda mais empolgado por estar trabalhando nisso com a Chic Eglee…Estamos trabalhando há semanas no formato da temporada e estou muito feliz que ele consiga levar a tocha dos Deuses Americanos à glória. Obrigado a Fremantle, Starz e Amazon por terem acreditado na série, a Bryan, Michael e Jesse por terem chegado tão longe, a todo o elenco e equipe, e acima de tudo aos telespectadores. É o amor deles pelos personagens que nos levaram a esse ponto e nos levará para o próximo capítulo.”

American Gods adapta o livro homônimo do autor Neil Gaiman. O drama fantasioso foi renovado pelo Starz para uma segunda temporada em maio. Além de Fuller e Green, Craig Cegielski e Stefanie Berk também são produtores executivos junto com David Slade, Adam Kane e o próprio Neil Gaiman.

A série acompanha Shadow Moon (Ricky Whittle), um homem que cumpre três anos de prisão. Faltando poucos dias até o fim de sua sentença, Shadow acaba sendo liberado inesperadamente depois que sua amada esposa, Laura (Emily Browning), é morta. Posteriormente, Shadow encontra-se ao lado de um homem chamado Wednesday (Ian McShane), que lhe oferece um emprego.

Em primeira instância, Wednesday parece ser nada mais que um trapaceiro que precisa de Shadow como guarda-costas. Wednesday está trilhando seu caminho pelos EUA, reunindo todos os velhos deuses, que agora se incorporaram na vida americana, para enfrentar os novos deuses, incluindo os relacionados a mídia e tecnologia, que estão se fortalecendo.

Confira a crítica da primeira temporada.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...