O Oscar 2019 e sua marca na história

Depois de anos sofrendo várias críticas, e após dois anos de #OscarsSoWhite, a cerimônia do Oscar 2019 apresentou algumas mudanças sociais importantes. A Academia pareceu levantar questões de diversidade e representatividade com os seus vencedores ao longo da premiação. Veja alguns casos abaixo:

MAHERSHALA ALI

Mahershala Alia recebe seu segundo Oscar

Mahershala Ali foi o segundo ator negro a ganhar dois Oscars – Moonlight (2017) e Green Book: O Guia. O primeiro que conseguiu isso foi Denzel Washington por Tempo de Glória e Dia de Treinamento.


RUTH E. CARTER E HANNAH BEACHLER (PANTERA NEGRA)

Hannah Beachler (esq) e Ruth E. Carter (dir)

Ruth E. Carter tornou-se a primeira mulher negra a ser indicada e vencer na categoria Melhor Figurino por Pantera Negra. O mesmo ocorreu com Hannah Beachler na categoria Melhor Direção de Arte pelo mesmo filme.


ROMA

Roma – Netflix

O filme produzido pela Netflix entregou o primeiro Oscar de Melhor Filme Estrangeiro para o México. Além disso, o diretor Alfonso Cuarón também fez história ao se tornar a primeira pessoa a ganhar na categoria Melhor Diretor e Melhor Fotografia na mesma cerimônia.

Vale lembrar também que dos últimos 6 anos, 5 diretores mexicanos ganharam o Oscar de Melhor Diretor. Essa onda começou justamente com Alfonso Cuarón em 2014, quando ele venceu por Gravidade.


SPIKE LEE

Spike Lee no tapete vermelho do Oscar

Pode parecer mentira, mas Spike Lee só recebeu o seu primeiro Oscar competitivo (Melhor Roteiro Adaptado) na cerimônia de ontem por Infiltrado na Klan. Ele já havia recebido um Oscar Honorário em 2016 pela sua incrível carreira como diretor e roteirista.


RECORDE DAS MULHERES

Becky Neiman (esq) e Domme Shi (dir) recebem o Oscar de melhor curta de animação por “Bao”

As mulheres fizeram história no domingo, ganhando um recorde de 15 troféus – o maior da história do Oscar. Com 39 homens vencedores este ano, isso significa que as mulheres ganharam quase 27,8% das estatuetas distribuídas.

As mulheres representaram 27,5% de todos os indicados ao Oscar este ano, um ligeiro aumento em relação ao ano recorde do ano passado, no qual apenas 26,8% das indicações foram para mulheres.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.