Oscar 2019 | Em carta aos membros, Academia defende novo formato da cerimônia

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou uma carta aos seus membros assegurando que “nenhuma categoria premiada na  cerimônia do Oscar será apresentada de maneira que descreva as conquistas de seus indicados e vencedores como menor do que quaisquer outras”.

A carta reafirma o novo formato da cerimônia, que havia sido aprovada previamente, e que excluiu quatro categorias da transmissão: Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Curta em Live-Action e Melhor Maquiagem e Penteado. Os prêmios serão entregues durantes os intervalos da cerimônia.

Tal decisão havia sido definida em agosto de 2018, e as categorias escolhidas foram anunciadas essa semana. Sem dúvidas, o que provocou revolta por parte do público não foi a exclusão em si, mas as categorias escolhidas. Mas, segundo a Academia, elas estarão isentas em 2020 e retornarão à cerimônia. No entanto, outras serão removidas.

A resposta da Academia veio logo após uma carta aberta , assinada por diretores como Martin Scorsese, Quentin Tarantino e Spike Lee, diretores de fotografia como Roger Deakins e Emmanuel Lubezki e editores de filmes como Tom Cross e William Goldenberg, chamando o novo formato implementado pela Academia de “nada menos do que um insulto àqueles que dedicaram nossas vidas e paixões à nossa profissão escolhida”.

Curiosamente, o presidente da Academia, John Bailey (foto acima), é  diretor de fotografia, uma das categorias “preteridas” no Oscar 2019.

Veja o que diz o comunicado da Academia:

Como oficiais da Academia, gostaríamos de garantir que nenhuma categoria premiada na cerimônia do Oscar será apresentada de uma maneira que represente as conquistas de seus indicados e vencedores como menos do que quaisquer outras. Infelizmente, como resultado de reportagens imprecisas e postagens de mídias sociais, tem havido uma cadeia de desinformação que, compreensivelmente, incomodou muitos membros da Academia. Gostaríamos de reafirmar e explicar os planos para a apresentação dos prêmios, conforme endossado pelo Conselho de Governadores da Academia.

· Todas as 24 categorias de prêmios são apresentadas no palco do Dolby Theater e incluídas na transmissão.

· Quatro categorias – Fotografia, Edição, Maquiagem e Penteados e Curta em Live Action – foram oferecidas por suas agências para ter seus indicados e vencedores anunciados pelos apresentadores, e incluídos mais tarde na transmissão. O tempo gasto andando para o palco e fora dele será editado.

· Os quatro discursos vencedores serão incluídos na transmissão.

· Nos próximos anos, de quatro a seis categorias diferentes podem ser selecionadas para rotação, em colaboração com os produtores da mostra. As categorias deste ano estarão isentas em 2020.

· Essa mudança no programa foi discutida e aprovada pelo Conselho de Governadores em agosto, com o total apoio dos comitês executivos das filiais. Tais decisões são totalmente deliberadas.

Nossos produtores do show deram grande consideração à tradição do Oscar e ao nosso amplo público global. 

Acreditamos sinceramente que você ficará satisfeito com o programa e esperamos celebrar um ótimo ano em filmes com todos os membros da Academia e com o resto do mundo.

John Bailey, presidente
Lois Burwell, primeiro vice-presidente
Sid Ganis, vice-presidente
Larry Karaszewski, vice-presidente
Nancy Utley, vice-presidente
Jim Gianopulos, tesoureiro
David Rubin, secretário

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...