Disney, Paramount e Warner se comprometem a contratar mais mulheres para dirigirem seus filmes

Depois de vários produtores, como Reese WhitherspoonJordan Peele e J.J. Abrams, se comprometerem a contratar pelo menos uma diretora nos próximos 18 meses, chegou a vez dos grandes estúdios. A Disney, a Paramount e a Warner embarcaram no “Desafio de 4%”. Esse, fruto do movimento “Time´s Up”, diz respeito às mulheres que dirigiram apenas 4% dos filmes de maior bilheteria dos EUA nos últimos 10 anos.

Vale lembrar que apenas 8% dos 250 principais filmes de 2018 foram dirigidos por mulheres. Através do Twitter, os três estúdios aceitaram o desafio e se comprometeram a aumentar o número de mulheres contratadas para dirigirem os seus filmes.

Veja abaixo o anúncio feito por Bob Iger, CEO da Disney:

Muitos têm entrado em contato conosco para aceitarmos o Desafio de 4%, mas eu estou orgulhoso em dizer que 40% dos próximos filmes do Estúdio Disney serão dirigidos por mulheres e nós estamos nos esforçando para mais!”.

Agora, o comunicado da Warner Bros.:

“A WB está comprometida em trabalhar com diretoras e nossa Política de Produção de Diversidade para aumentar a representatividade.”

Abaixo o tweet da Paramount Pictures:

O CEO da Paramount Pictures, Jim Gianopulos, juntamente com Wyck Godfrey, Elizabeth Raposo e Mireille Soria, da Paramount Animation, Nicole Clemens, da Paramount TV, e a equipe de produtores da Paramount aceitam orgulhosamente o desafio do Time´s Up.

Anteriormente, estrelas como  Lena WaitheArmie HammerKumail NanjianiBryce Dallas HowardBrie LarsonRachel Brosnahan,Kerry Washington, Tessa Thompson, entre outros, também anunciaram que fariam parte da medida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.