Oscar 2019 | Os esnobados pela Academia

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou a lista de indicados ao Oscar 2019. Já é tradição separar um momento do dia para prestar atenção naquelas grandes apostas que acabaram ficando de fora da lista final, ou seja, os esnobados. E esse ano tivemos muitos esquecidos. Confira abaixo:

Se a Rua Beale Falasse

O novo filme de Barry Jenkins recebeu apenas 3 indicações ao Oscar: Melhor Atriz Coadjuvante, para Regina King, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora Original. Mas acabou ficando de fora da categoria Melhor Filme, no qual era uma das fortes apostas. Ele também não apareceu no PGA Awards 2019 e chegou a ser indicado na categoria principal no Globo de Ouro e no Critics´Choice Awards.

O longa conta a história de um casal, Tish (Kiki Layne), de 19 anos, e Fonny (Stephan James), de 22, que estão prestes a ter um bebê. Um dia, Fonny é falsamente acusado de estupro e preso. O filme estreia aqui no Brasil dia 7 de fevereiro.


Toni Collette

A atriz era uma grande aposta para receber a sua segunda indicação ao Oscar pelo filme Hereditário. No entanto, não foi lembrada pela Academia na categoria Melhor Atriz.


John David Washington

O filho do grande Denzel Washington até foi indicado a Melhor Ator em algumas premiações, como o Globo de Ouro e o SAG Awards 2019 pelo filme Infiltrado na Klande Spike Lee. Mas ficou de fora do Oscar.


Michael B. Jordan

O ator teve uma grande atuação como o vilão Killmonger em Pantera Negra. A única premiação a qual ele foi indicado na categoria Melhor Ator Coadjuvante foi o Critics´Choice Awards. Portanto, ele não era uma grande aposta para o Oscar. Mas, mesmo assim, ainda havia esperança.


As Viúvas

O filme do diretor Steve McQueen surpreendeu e deixou muita gente na expectativa para ver alguma indicação ao Oscar. Mas isso não aconteceu. Não teve Melhor Atriz para a Viola Davis, não teve Melhor Edição, nem qualquer outra.


Um Lugar Silencioso

Uma das maiores surpresas de 2018 só recebeu uma indicação na categoria Melhor Edição de Som. O filme, dirigido por John Krasinski, poderia ter sido lembrado em outras categorias. Nem mesmo a Emily Blunt conseguiu entrar na categoria Melhor Atriz Coadjuvante.


Ethan Hawke

Muitos esperavam ver Ethan Hawke na categoria Melhor Ator por No Coração da EscuridãoPorém o filme só foi lembrado na categoria Melhor Roteiro Original. O filme acompanha um padre (Hawke) que começa a questionar a sua fé. Esse ainda não tem data de estreia confirmada aqui.


Bradley Cooper

Nasce Uma Estrela recebeu 8 indicações ao Oscar. Isso já era de se esperar. No entanto, Bradley Cooper sofreu uma bela esnobada e ficou de fora da categoria Melhor Diretor. Por essa ninguém esperava.


Podres de Ricos

Outro grande esnobado foi a comédia Podres de RicosEla vinha se destacando nessa temporada de premiações. Conseguiu indicações ao Globo de Ouro, Critics´Choice Awards e o Sag Awards. Mas a Academia não deu chance alguma.


O Primeiro Homem

O longa, dirigido por Damien Chazelle, era considerado como certo em duas categorias: Melhor Atriz Coadjuvante (Claire Foy) e Melhor Trilha Sonora Original (Justin Hurwitz). No final das contas, não apareceu em nenhuma das duas. Mas recebeu 4 indicações (Melhores Efeitos Visuais, Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição de Som e Melhor Design de Produção).


Timothée Chalamet

O jovem ator, que foi indicado a Melhor Ator no ano passado pelo filme Me Chame pelo Seu Nome, estava esperando entrar na categoria Melhor Ator Coadjuvante em 2019. Ficou de fora e assim como seu longa, Querido Menino, não foi lembrado pela Academia.


Won´t You Be My Neighbor?

O documentário sobre o apresentador infantil, Fred Rogers, era dado como certo. Muitos, inclusive, apostavam em sua vitória. Mas nem foi mencionado pela Academia.


A cerimônia do Oscar 2019 será realizada no dia 24 de fevereiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Paulo Victor Costa

Depois que descobriu "The Truman Show" e "Lost", passou a viver de filmes e séries. Também é muito fã dos filmes do Spielberg. Tenta assistir de tudo para poder debater com outras pessoas.