The Walking Dead | Após saída, Andrew Lincoln vai estrelar três filmes como Rick Grimes!

Com spoilers do mais recente episódio de The Walking Dead, What Comes After.

O anúncio da saída de Andrew Lincoln pegou muitos fãs de surpresa, que logo começaram a especular sobre o destino do protagonista deThe Walking Dead. Oepisódio What Comes Aftermarcou a despedida do personagem da série de TV. Porém, para a alegria dos fãs, Rick Grimes permanecerá no universo expandido da série.

No episódio da semana passada, The Obliged, Rick havia despistado uma imensa horda zumbi, e ao cair de seu cavalo, ficou gravemente ferido. Só haveriam duas possibilidades para encerrar seu ciclo no programa: sua morte, ou ida para uma nova comunidade, fato que foi mostrado no episódio desta semana, com a ajuda de Jadis (Pollyanna McIntosh). Os demais personagens acreditam que Rick tenha morrido mas a saga do xerife continuará longe de Alexandria.

Lincoln assinou contrato com a AMC para interpretar Rick Grimes em três longa metragens desenvolvidos pelo AMC Studios Original Films. Os filmes devem ser exibidos pelo canal e distribuídos por outras emissoras ou streaming. O roteiro será escrito por Scott Gimple, ex-showrunner da série e chefe de conteúdo do universo de “The Walking Dead”, que irá continuar a saga de Rick em outro formato. “Há mais história para contar e nós vamos contar isso”, contou o produtor ao THR. A produção do primeiro filme começa já em 2019.

A série de filmes irá explorar o período entre o resgate de helicóptero de Rick e o salto temporal mais recente que foi apresentado no final do episódio de domingo – e se estender para além desse período. Cada filme contará uma história completa sobre Rick. “É sobre quem ele é e quem ele vai ser – e certamente como ele lida com a situação em que ele está”, diz Gimple. “Nós conhecemos Rick Grimes, ele gostaria de estar em casa.”

Rick é resgatado em “What Comes After”. Créditos: AMC.

Um dos motivos para da saída de Lincoln era passar mais tempo com sua família na Inglaterra. Com as gravações acontecendo no estado norte-americano da Georgia, desde 2010, o ator chegava a ficar até 9 meses fora do convívio familiar, na cidade de Atlanta. Os filmes irão encurtar o prazo para 2 meses, tornando-se um bom negócio para ambas as partes. Segundo Gimple, a intenção é expandir o universo  – que já conta com o spin-off Fear The Walking Dead – ainda mais. “Vamos investigar o passado e ver personagens antigos. Vamos apresentar novos personagens e novas situações”, conta o produtor.

De acordo com o presidente de programação da AMC, David Madden, a história de Rick em outro formato não servirá como um mero spin-off. “Nós vemos isso como uma proposta a longo prazo”, com um tempo de execução antecipado por volta duas horas com um orçamento em nível de filme. O primeiro longa será contado do ponto de vista de Rick e explorará o que Gimple chamou a “vasta mitologia” por trás da outra comunidade misteriosa em busca de pessoas do tipo “A ou B”. No entanto, Madden diz ter “grandes esperanças” de que os caminhos de Rick e Michonne se cruzem novamente.

Apesar da expansão do universo, Gimple garante que a prioridade continua sendo a longevidade da série de TV, atualmente com índices de audiência menores. Tanto ele quanto a showrunner Angela Kang planejam um novo caminho pós-Rick, após o salto temporal visto no fim do episódio do último domingo., e os demais personagens não devem ganhar aventuras individuais. “Há um plano muito longo e dentro dos filmes, há maneiras pelas quais as coisas poderiam talvez se polinizar. Mas não vamos vê-los voar em seus próprios helicópteros”.

A 9º temporada de The Walking Dead é exibida na madrugada de domingo para segunda, 00:30hs, na Fox e Fox Premium.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...