Guillermo Del Toro diz que ‘Better Call Saul’ é melhor que ‘Breaking Bad’

O cineasta  vencedor do Oscar em 2018, Guillermo Del Toro, acendeu uma discussão calorosa que sempre vem à tona entre os fãs de Breaking Bad e seu derivado, Better Call Saul. O diretor declarou em seu twitter que o spin-off criado por Peter Gould e Vince Gilligan é  “mais profunda” que a série original. Veja:

Uma pequena reflexão no meio da nova temporada de Better Call Saul: gosto mais do que Breaking BadNão para ser do contra mas sim porque as coisas em risco parecem menores, mas a decadência me parece mais profunda e aguda.

Com Walter White, você acompanhava uma decadência/transformação massiva. Better Call Saul te coloca para ver Jimmy virar Saul Goodman em pequenas e dolorosas doses…[…] Kim é a chave!”

“Mesmo em seu relacionamento com Chuck, Jimmy era um facilitador, ele meio que adorava ver Chuck diminuído. Ambos os irmãos queriam ver o outro “Down”. Maravilhosamente estabelecidas.”

“Há uma equação que muitos dos roteiristas vão entender, e que dá a diferença entre Breaking Bad e Better Call Saul: menos narrativa, mais trama. Narrativa é o rítmo enquanto trama é a melodia.”

A repercussão pelo gosto de Del Toro foi instantânea. Michael Mando, que interpreta o traficante Nacho, e Peter Gould, co-criador da série, também manifestaram sua surpresa e admiração pelo carinho de Del Toro com a série:

Atordoado e honrado por esta discussão. Nem acredito que está assistindo ao nosso programa! As palavras falham.

Ao ser questionado por um seguidor se o sucesso do derivado aconteceria sem que houvesse um universo já estabelecido em Breaking Bad, Del Toro deu a seguinte resposta:

Não, não. Você está 100% correto. E eu acho que é a primeira vez que o “binge Watching” foi explorado dessa forma narrativa. As duas séries são parte de uma narrativa compartilhada.”

Atualmente em sua quarta temporada, distribuída no Brasil pela Netflix, Better Call Saul vem recebendo elogios da crítica desde sua estreia no início de 2015.

Protagonista da série, Bob Odenkirk já recebeu três indicações ao Emmy pela sua atuação, assim como a série, na categoria de melhor série dramática.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...