Emmy 2018 | Membro anônimo da Academia revela votos e diz que ‘Westworld’ é incompreensível

Um membro anônimo da Academia de Artes de Ciências Televisivas revelou seus votos para o  Emmy 2018. Como sempre, não sobraram observações ácidas sobre alguns dos indicados à premiação. Os votos e as considerações do votante não identificado foram publicados pelo site The Hollywood Reporter.

Veja o que ele disse sobre as categorias de melhor série dramática, melhor série cômica e melhor série limitada:

MELHOR DRAMA

“Há uma parte sentimental de mim que gostaria de ver uma série de canal aberto ganhar, porque parece que isso não acontece desde que Nixon estava no cargo [na verdade aconteceu em 2006], mas This Is Us foi significativamente melhor na primeira temporada do que a segunda. Não posso votar em Westworld – não sei o que está acontecendo na maior parte do tempo. Eu respeito The Crown, mas não minha xícara de chá – desculpe ( risos ). Eu amo The Handmaid´s Tale e Stranger Things – não me lembro em qual eu votei no ano passado, mas ambos foram melhores durante as suas primeiras temporadas. É difícil não votar em Game of Thrones – Eles supostamente gastam US$ 17 milhões por episódio, então eles podem também estar competindo pelo Oscar de melhor filme – mas, no final do dia, eu sou um pouco sentimental, então eu estou votando em The Americans [que é indicado pela temporada final]. Foi o programa mais bem escrito na TV – [co-roteiristas/escritores Joe] Weisberg e [Joel] Fields são brilhantes e tão prudentes – e tudo mais sobre a série também foi de primeira”.

The Americans (FX)

MELHOR SÉRIE CÔMICA:

“Eu descartei Black-ish e Segura a Onda (Curb Your Enthusiasm) – seus melhores dias ficaram para trás. Silicon Valley também piorou em qualidade desde a saída de TJ Miller. Unbreakable Kimmy Schmidt é um sucesso ou um fracasso. Admiro Atlanta, mas não sei se é uma comédia; talvez seja uma ideia antiga, mas para mim uma comédia deve fazer você rir. O mesmo vale para GLOW . Fico com The Marvelous Mrs. Maisel e BarryMaisel é incrível – é consistentemente engraçada e inteligente, e Rachel Brosnahan ilumina a tela de uma forma que poucas pessoas fizeram na minha memória. Eu gostei de tudo sobre isso. Se eles são espertos, vão parar depois de duas ou três temporadas. Eu sei que é difícil para as redes fazerem isso porque um bom programa é um gerador de receita, mas às vezes é a decisão artística certa a ser tomada. Lembre-se de Bloodline [da Netflix] ? A primeira temporada foi uma das melhores coisas que eu já vi – e então a segunda temporada foi um trem desgovernado. Sabe qual show poderia durar para sempre? Barry. Eu nunca ri tanto na semana para semana…É um show que faz piada do show business – então muitas das piadas podem não funcionar para um público que não conhece Hollywood… mas, foda-se, sou eu quem está sendo convidado a votar! Todo o conceito me faz rir – [Bill] Hader, a máfia russa e especialmente o personagem de Henry Winkler, que é fantástico. Eu quero que o show vença, mas o que eu mais quero é que Henry ganhe – ele é um ator de comédia subestimado, uma das pessoas mais legais de Hollywood e nunca venceu antes. A propósito, sei que a maratona é maravilhosa, mas gosto de ter que esperar de semana a semana. Acho que alguns desses shows não funcionam no Emmy porque as pessoas nunca desenvolvem esse senso de antecipação para eles, o que pode alimentar seu amor por um show.”

Barry (HBO)

SÉRIE LIMITADA

“Primeiro, deixe-me dizer que a Academia de Televisão deveria ter vergonha de chutar a categoria de telefilme da transmissão principal para uma das noites do Creative Arts Awards – é indesculpável, particularmente em um ano em que perdemos um dos melhores produtores de filmes de TV. Todo o tempo, Craig Zadan [um candidato póstumo para o filme de TV Flint ]. HBO, Netflix e Lifetime devem repudiar isso e voltar à transmissão. Mas eu divago. Este não foi o melhor ano para séries limitadas. The Alienist era tão lento e eu não amei Daniel Bruhl. [GeniusPicasso? Não me tornei fã – meio cafona. Eu não consegui passar por Patrick Melrose– ele [Benedict Cumberbatch] é super talentoso, mas esse personagem se tornou opressivo. Eu estava em dúvida sobre The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story – eles realmente capturaram uma sensação de mau presságio, e o elenco de apoio foi brilhante, especialmente Judith Light, mas os atores que interpretaram os papéis principais não me agradaram. Eu votei em Godless, um show muito complexo, mas tão bem escrito, bem dirigido e bem atuado, especialmente por Jeff Daniels. E sim, o fator Netflix é real – eu não fui para a FYSee [exibição feita pela Netflix para as campanhas do Emmy], mas eu adoro não ter que mexer a minha bunda e fazer qualquer coisa além de clicar em alguns botões para assistir a um show.”

Godless (Netflix)

No último fim de semana, foram entregues os prêmios das categorias técnicas e de atores convidados. Veja a lista dos vencedores.

70º Primetime Emmy Awards acontecerá na próxima segunda-feira, dia 17. A apresentação da cerimônia que irá entregar os prêmios principais será de Colin Jost e Michael Che, do Saturday Night Live, com transmissão pelo canal TNT, a partir das 20h.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...