Billionaire Boys Club | Filme com Kevin Spacey arrecada apenas 618 dólares em primeiro fim de semana nos EUA

O mais recente filme de Kevin Spacey, Billionaire Boys Club, fez a menor bilheteria do ano até agora nos EUA, arrecadando apenas US$ 618 em seu primeiro fim de semana no país. A informação é do The Hollywood Reporter.

O filme arrecadou US$ 126 na última sexta-feira, dia de abertura do filme. Calculando a média do preço do ingresso no país, que gira em torno de US$ 9,27, apenas 6 pessoas compraram ingressos para assistir ao drama criminal em cada uma das 11 salas de cinema em cartaz. No entanto, de acordo com o Box Office MojoBillionaire Boys Club arrecadou cerca de US$ 1,5 milhão internacionalmente desde o seu lançamento mundial no último mês.

Filmado em 2015 e lançado em circuito limitado (nenhuma delas em Los Angeles ou Nova York ,) sem qualquer publicidade após o lançamento em streaming no mês passado, o Billionaire Boys Club foi um dos últimos projetos de Spacey antes das acusações de assédio sexual. O ator Anthony Rapp e membros da equipe de de produção de House of Cards foram os primeiros a denunciarem o ator, que atualmente responde por outras acusações em Londres.

Na época, a Netflix suspenseu a produção de House of Cards, cortou relações com o ator e desistiu de produzir a cinebiografia de do famoso escritor Gore Vidal, que seria protagonizada por Spacey. Devido aos escândalos, a Sony Pictures e o cineasta Ridley Scott decidiram remover as filmagens de Spacey do longa Todo o Dinheiro do Mundo, que já estava finalizado. O ator foi substituído em tempo recorde por Christopher Plummer, que foi indicado ao Oscar em 2018 por esta atuação.

Como consequência, a sexta temporada do drama político terá apenas oito episódios, estrelados agora por Robin Wright, que falou pela primeira vez sobre o caso no mês passado. Na época, Spacey se internou em uma clínica localizada no estado do Arizona, a fim de realizar tratamento para pessoas viciadas em sexo.

Kevin Spacey foi substituído por Christopher Plummer em “Todo o Dinheiro do Mundo”

A Vertical Entertainment disse em um comunicado, em junho, que lançaria o filme normalmente, frisando que o papel de Spacey é de coadjuvante: “Não toleramos assédio sexual em qualquer nível e apoiamos totalmente as vítimas. Ao mesmo tempo, esta não é uma decisão fácil nem insensível de lançar este filme nos cinemas, mas acreditamos em dar ao elenco, assim como centenas de membros da equipe que trabalharam duro no filme, a chance de ver seu produto final chegar ao público”, disse a produtora em sua declaração.

Essa é a pior abertura de um filme na carreira Spacey, que já venceu dois Oscars. O primeiro foi em 1996, como coadjuvante em Os Suspeitos, e em 1999, como melhor ator por Beleza Americana. Indicado ao Globo de Ouro e ao Emmy diversas vezes por House of Cards, atualmente o ator amarga o ostracismo.

O longa ganhou apenas 13 por cento de críticas positivas dos críticos, de acordo com Rotten Tomates, enquanto 42% dos espectadores aprovaram o filme.

Billionaire Boys Club se passa no início da década de 80, quando um grupo de estudantes ricos decide bolar um plano para ganharem ainda mais dinheiro da maneira mais fácil possível. No entanto, logo as coisas começam a se complicar e o que parecia ser um plano fácil, pode se provar ser um esquema mortal. O longa também é protagonizado por Ansel ElgortTaron EgertonEmma Roberts.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...