Dakota Fanning vive jovem com autismo no drama ‘Tudo que Quero’

Aos 28 anos, Wendy Walcott (Dakota Fanning) está prestes a encarar o maior desafio da sua vida: embarcar numa viagem sozinha em busca de um sonho e de uma provação. À primeira vista, pode parecer uma aventura simples para uma mulher adulta, mas em Tudo que Quero, de Ben Lewin, que estreia dia 26 de abril, nada é como parece.

Vivida pela atriz Dakota Fanning, Wendy é apaixonada por dança e ama escrever, é independente e brilhante. E tem autismo. Para provar para a irmã que consegue se virar sozinha, ela deixa a casa especial para autistas onde mora para participar de uma competição de roteiros de um canal de televisão. Com seu cão e algum trocado no bolso, ela parte nessa aventura de entregar o seu roteiro de 500 páginas de Star Trek.

Dos mesmos produtores de “Sem Escalas” e “Jogo do Dinheiro”, Daniel Dubiecki e Lara Alameddine, o longa foi escrito por Michael Golamco, que se inspirou em um artigo do The New York Times sobre um grupo de meninas autistas que foram a um acampamento de verão. “O artigo dizia que garotas com autismo tinham problemas em socializar, mas o que as mantinham afastadas dos garotos é que essas garotas realmente queriam se conectar”, explica Golamco. “A premissa da personagem de Wendy começou a se desenvolver: a ideia de uma jovem garota que quer se conectar com o mundo, mas não tem certeza de como fazer isso, e a sua jornada de aprendizado”, completa.

Para equipe e direção, escalar a protagonista do filme era uma das partes mais cruciais para o filme. “Queríamos uma atriz que não fosse ‘pesar a mão’ com a personagem, alguém que, de certa forma, fosse trazer luz para Wendy. Dakota engloba todas essas características”, afirma Dubiecki. “Quando eu li o roteiro, eu sabia que a história era especial”, conta Dakota. “Eu não queria que ninguém mais fizesse o papel, eu tinha que ser a pessoa que daria vida a Wendy. Foi algo que me deu certo medo e me desafiou de um jeito que nunca fui antes”, completa a atriz.

SINOPSE

O mundo é um lugar confuso para Wendy (Dakota Fanning), uma jovem, que apesar do autismo, é independente e brilhante. Wendy escreve histórias de fantasia em seu tempo livre. Quando ela descobre uma competição decide terminar seu roteiro e participar. Agora o problema é entregar o roteiro. Com seu pequeno cão e apenas alguns dólares no bolso, Wendy decide corajosamente ir em busca de seu sonho, embarcando numa aventura repleta de desafios e surpresas.

Distribuído no Brasil pela Imagem Filmes, o longa conta ainda com Toni Collette, Alice Eve, River Alexander, Jessica Rothe, Matt Corboy eTony Revolori no elenco.

Tudo que Quero estreia nos cinemas dia 26 de abril.

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...