Globo de Ouro 2018 | Premiação consagra o poder das histórias centradas em personagens femininas

Com apresentação de Seth Meyers, aconteceu na noite de ontem (7), em Los Angeles, a entrega dos prêmios do Globo de Ouro 2018. A  75º edição da cerimônia que premiou  os melhores filmes e programas de TV de 2017 foi marcada por protestos contra o assédio sexual em Hollywood.

No cinema, Três Anúncios Para um Crime foi o grande vencedor da noite, conquistando quatro prêmios: Melhor Filme, Melhor Atriz em drama (Frances McDormand), Melhor Ator Coadjuvante (Sam Rockwell) e Melhor Roteiro.

Guillermo del Toro foi escolhido como melhor diretor por A Forma da Água, que recebeu o maior número de indicações (7) e ficou com duas estatuetas, enquanto Lady Bird foi eleito o melhor filme de comédia ou musical, e viu sua protagonista, Saoirse Ronan, ser eleita a melhor atriz na categoria.  A decepção ficou por conta de The Post. O drama jornalístico dirigido por Steven Spielberg recebeu seis indicações e não levou nenhum prêmio.

Na TV não houve surpresas. A vencedora do Emmy The Handmaid´s Tale faturou o prêmio de melhor série dramática, confirmando o favoritismo, assim como sua protagonista Elisabeth Moss, que levou o prêmio de melhor atriz. Soberana, a minissérie  Big Little Lies ganhou em quase todas as categorias que disputou, incluindo melhor minissérie ou telefilme. A comédia The Marvelous Mrs. Maisel foi escolhida a melhor série de sua categoria. Mais uma vez, a personagem principal de uma série deu a sua atriz um prêmio e Rachel Brosnahan levou o prêmio de melhor atriz.

O elenco feminino de “Big Little Lies” (HBO)

As mulheres em destaque

A premiação deste ano ficará marcada por uma onda de protestos e discursos sobre a má conduta sexual na indústria cinematográfica, que afeta em maior escala as mulheres. Atores e atrizes se vestiram de preto, porém (e felizmente), mais uma vez histórias centradas em personagens femininas ganharam o devido destaque e devem ser também o foco deste dia.

O poder da narrativa colocou as mulheres no centro do protagonismo, seja pela inconformada e impetuosa mãe Mildred Hayes (Frances McDormand) no campeão da noite Três Anúncios. Ou então, através da decidida e geniosa Christine (Saoirse Ronan) que entra em rota de colisão com sua mãe (Laurie Metcalf ) em Lady Bird, dirigido e escrito por Greta Gerwig.

Ainda tivemos a questão da sororidade que ganhou força em Big Little Lies com Nicole Kidman, Reese Witherspoon,  Shailene Woodley e Laura Dern sendo reconhecidas pelo seus talentos em tela. Isto sem mencionar o drama distópico que deu a oportunidade de presenciarmos a atuação monstruosa de Elisabeth Moss, merecedora de todos os prêmios que vem conquistando por The Handmaid´s Tale.

A comédia também não fica de fora. A dona de casa  Miriam ‘Midge’ Maisel (Rachel Brosnahan), que nos anos 50 subverte as expectativas, se torna uma comediante de stand-up em The Marvelous Mrs. Maisel. A série da Amazon foi uma grata surpresa em 2017 e deu a mais uma mulher uma nova perspectiva nas telas.

A diretora Greta Gerwig discursou sobre o prêmio recebido por “Lady Bird”

Ainda poderia citar dentro desse contexto as brilhantes Allison Janney (premiada por Eu, Tonya) ou Diane Kruger, que dá tudo de si  como protagonista de Em Pedaços, longa alemão que foi o vencedor entre os filmes de língua estrangeira. Note que estamos falando apenas dos premiadas, quando poderíamos ir mais além para falar de Sally Hawkins, Margot Robbie, Jessica Chastain, Michelle Williams e Meryl Streep. Sim, a lista é grande.

Mas antes que possa parecer o contrário, isso não desmerece os bons desempenhos de Gary Oldman, James Franco e Sam Rockwell. É que elas estão demais esse ano. Isso é inegável. Nem precisava justificar, afinal.

Confira a lista completa dos vencedores do Globo de Ouro 2018:

CINEMA

MELHOR FILME – DRAMA
Me Chame Pelo Seu Nome
Dunkirk
The Post
A Forma da Água
Três Anúncios Para um Crime

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
Artista do Desastre
Corra!
Lady Bird: A Hora de Voar
I, Tonya
O Rei do Show

MELHOR DIREÇÃO
Guillermo del Toro, 
A Forma da Água
Martin McDonagh, Três Anúncios Para um Crime
Christopher Nolan, Dunkirk
Steven Spielberg, The Post
Ridley Scott, Todo o Dinheiro do Mundo

MELHOR ATOR EM DRAMA
Timothée Chalamet, Me Chame Pelo Seu Nome
Tom Hanks, The Post
Daniel Day Lewis, Trama Fantasma
Gary Oldman, O Destino de uma Nação
Denzel Washington, Roman J. Israel, Esq.

MELHOR ATOR EM COMÉDIA OU MUSICAL
Daniel Kaluuya, Corra!
Hugh Jackman, O Rei do Show
James Franco, Artista do Desastre
Steve Carell, A Guerra dos Sexos
Ansel Elgort, Em Ritmo de Fuga

MELHOR ATRIZ EM DRAMA
Jessica Chastain, A Grande Jogada
Sally Hawkins, A Forma da Água
Frances McDormand, Três Anúncios Para um Crime
Meryl Streep, The Post
Michelle Williams, Todo O Dinheiro do Mundo

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA OU MUSICAL
Judi Dench, Victoria & Abdul
Saoirse Ronan, Lady Bird: A Hora de Voar
Emma Stone, Battle of the Sexes
Margot Robbie, I, Tonya
Helen Mirren, The Leisure Seeker

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Willem Dafoe, Projeto Flórida
Armie Hammer, Me Chame Pelo Seu Nome
Richard Jenkins, A Forma da Água
Sam Rockwell, Três Anúncios Para um Crime
Christopher Plummer, Todo O Dinheiro do Mundo

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Mary J. Blige, Mudbound
Hong Chau, Pequena Grande Vida
Allison Janney, Eu, Tonya
Laurie Metcalf, Lady Bird: A Hora de Voar
Octavia Spencer, A forma da Água

MELHOR ROTEIRO
Guillermo del Toro e Vanessa Taylor, A Forma da Água
Greta Gerwig, Lady Bird: A Hora de Voar
Liz Hannah e Josh Singer, The Post
Martin McDonagh, Três Anúncios Para um Crime
Aaron Sorkin, A Grande Jogada

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
First They Killed My Father (Camboja)
Uma Mulher Fantástica (Chile)
The Square (Suécia)
Em Pedaços (Alemanha/França)
Loveless (Rússia)

MELHOR ANIMAÇÃO
Viva: A Vida é uma Festa
The Breadwinner
Com Amor, Van Gogh
O Touro Ferdinando
O Poderoso Chefinho

MELHOR TRILHA SONORA 
Alexandre Desplat, A Forma da Água
Jonny Greenwood, Trama Fantasma
John Williams, The Post
Hans Zimmer, Dunkirk
Carter Burwell, Três Anúncios Para um Crime

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“This Is Me”, O Rei do Show
“Remember Me”, Viva: A Vida é Uma Festa
“Home,” O Touro Ferdinando
“Mighty River,” Mudbound
“The Star,” The Star


TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE – DRAMA
The Crown
Game of Thrones
Stranger Things
This Is Us
The Handmaid´s Tale

MELHOR SÉRIE – COMÉDIA
Black-ish
The Marvelous Mrs. Maisel
Master of None
SMILF
Will & Grace

MELHOR SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV
Big Little Lies
Fargo
Feud: Bette and Joan
Top of the Lake: China Girl
The Sinner

MELHOR ATOR – SÉRIE, DRAMA
Sterling K. Brown, This is Us

Freddie Highmore, The Good Doctor
Bob Odenkirk, Better Call Saul
Liev Schreiber, Ray Donovan
Jason Bateman, Ozark

MELHOR ATRIZ – SÉRIE, DRAMA
Caitriona Balfe, Outlander
Claire Foy, The Crown
Maggie Gyllenhaal, The Deuce
Katherine Langford, 13 Reasons Why
Elisabeth Moss, The Handmaid´s Tale

MELHOR ATOR – SÉRIE, COMÉDIA OU MUSICAL
Anthony Anderson, Black-ish
Aziz Ansari, Master of None
Kevin Bacon, I Love Dick
William H. Macy, Shameless
Eric McCormack, Will and Grace

MELHOR ATRIZ – SÉRIE, COMÉDIA OU MUSICAL
Pamela Adlon, Better Things
Alison Brie, Glow
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel
Issa Rae, Insecure
Frankie Shaw, SMILF

MELHOR ATOR – SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV
Robert De Niro, The Wizard of Lies
Jude Law, The Young Pope
Kyle MacLachlan, Twin Peaks
Ewan McGregor, Fargo
Geoffrey Rush, Genius

MELHOR ATRIZ – SÉRIE LIMITADA OU FILME PARA TV
Jessica Biel, The Sinner 
Nicole Kidman, Big Little Lies 
Jessica Lange, Feud: Bette and Joan 
Susan Sarandon, Feud: Bette and Joan
Reese Witherspoon, Big Little Lies

MELHOR ATOR COADJUVANTE
David Harbour, Stranger Things
Alfred Molina, Feud
Alexander Skarsgard, Big Little Lies
David Thewlis, Fargo
Christian Slater, Mr. Robot

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Laura Dern, 
Big Little Lies
Ann Dowd, The Handmaid’s Tale
Chrissy Metz, This Is Us
Michelle Pfeiffer, The Wizard of Lies
Shailene Woodley, Big Little Lies


Clique aqui e curta a Quarta Parede no Facebook

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...