Oscar 2017 | Moonlight leva o Oscar de Melhor Filme após gafe histórica!

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas entregou esta noite, em Los Angeles, o Oscar em 24 categorias diferentes na sua 89º cerimônia. Com apresentação de Jimmy Kimmel, não sobraram piadas com artistas e também tiradas sarcásticas com o presidente americano Donald Trump.

Como já era esperado, La la Land: Cantando Estações faturou a maioria dos prêmios, incluindo melhor diretor para Damien Chazelle (o diretor mais novo a ganhar um Oscar) e melhor atriz pela atuação de Emma Stone. Foram seis no total. No entanto, o prêmio de melhor filme foi para Moonlight: Sob a Luz do Luar, de forma surpreendente. Não pela qualidade do longa mas porque durante a divulgação do prêmio, o apresentador Warren Beatty recebeu um envelope trocado. Quando os produtores já faziam o discurso de agradecimento, Jimmy Kimmel e os produtores de La La Land retificaram a decisão, anunciando o verdadeiro ganhador e deixando todos perplexos.

Na disputada categoria de melhor ator, Casey Affleck levou a melhor sobre Denzel Washington e exaltou o veterano ator em seu discurso. Na disputa de melhor filme estrangeiro, o longa iraniano O Apartamento sagrou-se vencedor. O diretor Asgar Fahradi não compareceu devido a uma retaliação do presidente americano, que proibiu a entrada de pessoas nascidas em países muçulmanos nos Estados Unidos. Mas ele mandou um recado em forma de um elegante discurso. Já os prêmios de melhor roteiro foram para Manchester à Beira-Mar (original) e Moonlight (adaptado).

Na categorias dos coadjuvantes, Mahershala Ali e Viola Davis confirmaram o favoritismo e levaram as estatuetas. Ambos fizeram discursos emocionados, sobretudo Viola que se igualou a Whoopi Goldberg. As duas são as únicas artistas negras a conquistarem um Oscar, um Emmy e um Tony.

Entre gafes e vitórias inesperadas, uma das maiores surpresas foi o criticado Esquadrão Suicida, premiado com o Oscar de melhor cabelo e maquiagem, desbancando o favorito Star Trek: Sem Fronteiras.

Veja a lista completa dos vencedores do Oscar 2017:

MELHOR FILME


La La Land: Cantando Estações
Manchester à Beira Mar
Até o Último Homem
Moonlight: Sob a Luz do Luar
A Chegada
Lion: Uma Jornada Para Casa
Cercas
Estrelas Além do Tempo
A Qualquer Custo

MELHOR DIRETOR

Damien Chazelle, La La Land: Cantando Estações
Kenneth Lonergan, Manchester à Beira Mar
Barry Jenkins, Moonlight: Sob a Luz do Luar
Denis Villeneuve, A Chegada
Mel Gibson, Até o Último Homem

MELHOR ATOR


Casey Affleck, Manchester à Beira Mar
Andrew Garfield, Até o Último Homem
Ryan Gosling, La La Land: Cantando Estações
Viggo Mortensen, Captão Fantastico
Denzel Washington, Cercas 

MELHOR ATRIZ

Isabelle Huppert, Elle
Ruth Negga, Loving
Natalie Portman, Jackie
Emma Stone, La La Land: Cantando Estações
Meryl Streep, Florence: Quem é Essa Mulher

MELHOR ATOR COADJUVANTE


Mahershala Ali, Moonlight: Sob a Luz do Luar

Jeff Bridges, A Qualquer Custo
Lucas Hedges, Manchester à Beira Mar
Dev Patel, Lion: Uma Jornada Para Casa
Michael Shannon, Animais Noturnos

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Viola Davis, Um Limite Entre Nós
Naomie Harris, Moonlight: Sob a Luz do Luar
Nicole Kidman, Lion: Uma Jornada Para Casa
Octavia Spencer, Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams, Manchester à Beira Mar

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA


Terra de Minas, Alemanha
A Man Called Ove, Suécia
O Apartamento, Irã
Tanna, Holanda
Toni Erdmann, Alemanha

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

A Qualquer Custo
La La Land: Cantando Estações
O Lagosta
Manchester à Beira Mar
20th Century Women

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL


“Audition (The Fools Who Dream),” La La Land: Cantando Estações
“Can’t Stop the Feeling,” Trolls
“City of Stars,” La La Land: Cantando Estações
“The Empty Chair,” Jim: The James Foley Story
“How Far I’ll Go,” Moana: Um Mar de Aventuras

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

A Chegada
Um Limite Entre Nós
Estrelas Além do Tempo
Lion: Uma Jornada Para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar

MELHOR ANIMAÇÃO


Kubo e a Cordas Mágicas
Moana: Um Mar de Aventuras
Minha Vida de Abobrinha
A Tartaruga Vermelha
Zootopia

MELHOR DOCUMENTÁRIO


Fogo no Mar
I Am Not Your Negro
Life Animated
O.J.: Made in America
13th 

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM


Extremis
4.1 Miles
Joe’s Violin
Watani: My Homeland
The White Helmets

MELHOR FOTOGRAFIA


A Chegada
La La Land: Cantando Estações
Lion: Uma Jornada Para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar
Silêncio

MELHOR MONTAGEM

A Chegada
Até o Último Homem
A Qualquer Custo
La La Land: Cantando Estações
Moonlight: Sob a Luz do Luar

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL


Jackie
La La Land: Cantando Estações
Lion: Uma Jornada Para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar
Passageiros

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Horizonte Profundo: Um Desastre no Golfo
Doutor Estranho
Mogli: O Menino Lobo
Kubo e as Cordas Mágicas
Rogue One: Uma História Star Wars 

MELHOR EDIÇÃO DE SOM


A Chegada
Horizonte Profundo: Um Desastre no Golfo
Até o Último Homem
La La Land: Cantando Estações
Sully: O Herói do Rio Hudson

MELHOR MIXAGEM DE SOM


A Chegada
Até o Último Homem
La La Land: Cantando Estações
Rogue One: Uma História Star Wars
13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi

MELHOR CURTA-METRAGEM


Ennemis Intérieurs
La Femme et le TGV
Silent Nights
Sing
Timecode

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO


Blind Vaysha
Borrowed Time
Pear Cider and Cigarettes
Pearl
Piper: Descobrindo o Mundo

MELHOR FIGURINO


Aliados
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Florence: Quem é Essa Mulher
Jackie
La La Land: Cantando Estações

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO


A Chegada
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Ave, Caesar!
La La Land: Cantando Estações
Passageiros 

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO


Um Homem Chamado Ove
Star Trek: Sem Fronteiras
Esquadrão Suicida


Para acompanhar as publicações do Quarta Parede, siga as nossas redes sociais ou inscreva-se por e-mail para receber notificações de novos posts, logo abaixo da área de comentários ou no menu à direita!

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...