BAFTA 2017 | Maior premiação do cinema britânico também se rende a La La Land

Academia Britânica de Artes da Televisão e Cinema entregou neste domingo o BAFTA 2017, maior premiação do cinema britânico. A premiação é bastante prestigiada no cinema mundial.

Quem confirmou o favoritismo foi La La Land – Cantando Estações. O musical, com 10 indicações, venceu metade das premiações em que concorria, incluindo melhor filme, diretor (Damien Chazelle) e atriz, para Emma Stone, favorita na categoria. Quem também ratificou as expectativas foi Viola Davis, escolhida melhor atriz coadjuvante. Casey Affleck ficou com o prêmio de melhor ator e Dev Patel foi escolhido como melhor ator coadjuvante, surpreendendo a muitos.

Concorrendo em quatro categorias, Moonlight: Sob a Luz do Luar passou em branco na premiação. Na categoria animação, outra surpresa: Kubo e as Cordas Mágicas foi escolhido, desbancando os favoritos Zootopia e Moana.

Eleito melhor filme britânico, Eu, Daniel Blake também concorre ao Oscar 2017 de melhor filme estrangeiro. Já o escolhido como melhor filme em língua estrangeira foi Filho de Saul, fora da premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que ocorrerá no próximo dia 26.

Veja a lista completa dos vencedores:

MELHOR FILME
La La Land: Cantando Estações
Eu, Daniel Blake
A chegada
Manchester à beira-mar
Moonlight: Sob a luz do Luar

MELHOR FILME BRITÂNICO
Eu, Daniel Blake
Animais fantásticos e Onde Habitam

Notes on Blindness
American Honey
Negação
Sob as Sombras

MELHOR ATOR
Ryan Gosling, La la land: Cantando Estações
Casey Affleck, Manchester à Beira-Mar
Jake Gyllenhaal, Animais Noturnos
Andrew Garfield, Até o Último Homem
Viggo Mortensen, Capitão Fantástico

MELHOR ATRIZ
Emma Stone, La La Land: Cantando Estações
Amy Adams, A Chegada
Emily Blunt, A Garota no Trem
Natalie Portma, Jackie
Meryl Streep, Florence: Quem é Essa Mulher?

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Aaron Taylor-Johnson, Animais Noturnos
Dev Patel, Lion: Uma Jornada Para Casa
Hugh Grant, Florence: Quem é Essa Mulher?
Jeff Bridges, A Qualquer Custo
Mahershala Ali, Moonlight: Sob a Luz do Luar

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Hayley Squires, Eu, Daniel Blake
Michelle Williams, Manchester à Beira-Mar
Naomie Harris, Moonlight: Sob a Luz do Luar
Nicole Kidman, Lion: Uma Jornada Para Casa
Viola Davis, Um Limite Entre Nós

MELHOR FILME DE DIRETOR, ROTEIRISTA OU PRODUTOR BRITÂNICO ESTREANTE
The girl with all the Gifts (Mike Carey, roteirista; Camille Gatin, produtora)
The Hard Stop (George Amponsah, roteirista, diretor e produtor; Dionne Walker, roteirista e produtora)
Notes on Blindness (Peter Middleton, roteirista, diretor e produtor; James Spinney, roteirista e diretor; Jo-Jo Ellison, produtor)
The Pass (John Donnelly, roteirista; Ben A. Williams, diretor)
Sob as Sombras (Babak Anvari, roteirista e diretor; Emily Leo, produtor; Oliver Roskill, produtor; Lucan Toh, produtor)

 MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Dheepan: O Refúgio
Julieta
Mustang
O Filho de Saul
Toni Erdmann

MELHOR DOCUMENTÁRIO
A 13ª Emenda

The Beatles: Eight days a week – The touring years
The Eagle Huntress
Notes on Blindness
Weiner

MELHOR ANIMAÇÃO
Procurando Dory 
Kubo e as Cordas Mágicas
Moana: Um Mar de Aventuras
Zootopia

MELHOR DIRETOR
Damien Chazelle, La la land: Cantando Estações
Ken Loach, Eu, Daniel Blake
Denis Villeneuve, A Chegada
Kenneth Lonergan, Manchester à Beira-Mar
Tom Ford, Animais Noturnos

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Taylor Sheridan, A Qualquer Custo
Paul Laberty, Eu, Daniel Blake
Damien Chazelle, La la land: Cantando Estações
Kenneth Lonergan, Manchester à Beira-Mar
Barry Jenkins, Moonlight: Sob a Luz do Luar

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Eric Heisserer, A Chegada
Robert Schenkkan e Andrew Knight, Até o Último Homem
Theodore Melfi e Allison Schroeder, Estrelas Além do Tempo
Luke Davies, Lion: Uma Jornada Para Casa
Tom Ford, Animais Noturnos

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Jóhann Jóhannsson, A chegada
Mica Levi, Jackie
Justin Hurwitz , La La Land: Cantando Estações
Dustin O’Halloran e Hauschka, Lion: Uma Jornada Para Casa
Abel Korzeniowski, Animais Noturnos

MELHOR FOTOGRAFIA
Bradford Young, A Chegada
Giles Nuttgens, A Qualquer Custo
Linus Sandgren, La La Land: Cantando Estações
Greig Fraser, Lion: Uma Jornada Para Casa
Seamus McGarvey, Animais Noturnos

MELHOR EDIÇÃO
Joe Walker, A Chegada
John Gilbert, Até o Último Homem
Tom Cross, La la land: Cantando Estações
Jennifer Lame (“Manchester à Beira-Mar
Joan Sober, Animais Noturnos

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Doutor Estranho
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Florence: Quem é Essa Mulher?
Jackie
La La Land: Cantando Estações

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
Doutor Estranho
Florence: Quem é Essa Mulher?
Até o Último Homem

Animais Noturnos
Rogue One: Uma história Star Wars

MELHOR SOM
A Chegada
Horizonte profundo: Desastre no Golfo

Animais fantásticos e onde habitam
Até o último homem
La la land: Cantando estações

Melhores efeitos visuais
A Chegada
Doutor Estranho
Animais Fantásticos eOnde Habitam
Mogli: O Menino Lobo
Rogue One: Uma história Star Wars

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO BRITÂNICA
The Alan Dimension
A Love Story
Tough

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO BRITÂNICA
Consumed
Home
Mouth of hell

The party
Standby

REVELAÇÃO (VOTO DO PÚBLICO)
Anya Taylor-Joy
Laia Costa
Lucas Hedges
Ruth Negga
Tom Holland


Se você gostou dessa publicação, deixe sua opinião, comente e participe. Para acompanhar as publicações do Quarta Parede, siga as redes sociais do blog e receba notificações de novos posts!

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...