Better Call Saul | Cena inédita revela o futuro de Saul após Breaking Bad

Umas das características marcantes dos episódios iniciais de Better Call Saul é a visão apresentada de Jimmy McGuill (Bob Odenkirk), no futuro. Vivendo como “Gene”, gerente da loja Cinnabon na distante Omaha, no Nebraska, ele aparentemente tem uma vida tediosa e pacata, no período de tempo pós Breaking Bad, que agora vemos em uma prévia na quarta temporada da série.

O novo vídeo da quarta temporada mostra Gene prestes a deixar o hospital, quando é chamado de volta ao balcão de registro de pacientes. Aparentemente, o sistema de computador não reconhece o número da sua carteira de motorista. Gene também precisa fornecer seu número do seguro social “novamente”, indicando que também há um problema com essa numeração. A atuação de Bob Odenkirk deixa claro o pavor que seria retorar ao Novo México, caso as coisas deem errado. Repare sua expressão agustiada:

Em outra cena liberada pela AMC, é possível ver um momento de tensão entre Gus Fring e Nacho. Veja:

Do mesmo criador de Breaking BadVince GilliganBetter Call Saul acompanha o surgimento do advogado Saul Goodman (Bob Odenkirk), até então conhecido como Jimmy McGill, seis anos antes de ser contratado por Walter White (Bryan Cranston) em Breaking Bad. Além de Odenkirk, estrelam a série Jonathan BanksRhea SeehornPatrick FabianMichael Mando e Giancarlo Esposito.

Confira a sinopse da quarta temporada:

Na quarta temporada de “Better Call Saul”, a morte de Chuck catalisa a transformação de Jimmy McGill (Odenkirk) em Saul Goodman. Na esteira de sua perda, Jimmy dá passos no mundo do crime que colocará seu futuro como advogado – e seu relacionamento com Kim (Rhea Seehorn) – em perigo. A morte de Chuck (Michael McKean) afeta profundamente os ex-colegas Howard (Patrick Fabian) e Kim, colocando os dois novamente em lados opostos de uma batalha desencadeada pelos irmãos McGill.

A quarta temporada estreia em 6 de agosto nos Estados Unidos, pelo canal AMC. No Brasil, Better Call Saul é transmitida pela Netflix um dia após a exibição nos EUA.

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...