Netflix encomenda série documental sobre Anitta

Pre-pa-ra! Segundo informações da Variety, a cantora Anitta será o tema de uma série inédita original da Netflix, que estreará mundialmente ainda em 2018.

A atração cujo nome será “Vai Anitta” promete acesso “irrestrito e sem censura” à estrela internacional de 25 anos de idade, indo aos bastidores de seus shows no Brasil e viajando ao redor do mundo, seguindo suas interações com os fãs nas redes sociais e fornecendo um vislumbre de sua vida pessoal.

 

A série será produzida para a Netflix pelo CEO e co-fundador da Shots Studios , John Shahidi, que atualmente administra a carreira da cantora brasileira e já trabalhou com personalidades como o cantor Justin Bieber, o ex-pugilista Mike Tyson e o boxeador Floyd Mayweather.

Com singles de sucesso incluindo “Downtown” – a primeira música de um artista brasileiro a aparecer no Top 20 do Spotify – “Paradinha” e “Vai Malandra”, Anitta tem alcançado não somente o público brasileiro. Suas parcerias com estrelas da música internacional incluem Major Lazer, Iggy Azalea, Balvin, Alesso, Poo Bear e Maluma. Em 2016, Anitta participou da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ao lado de artistas consagrados como Gilberto Gil e Caetano Veloso.

Anitta tem se consolidado como um dos maiores nomes da música pop nacional, com enorme apelo em toda a América Latina. A artista brasileira possui um engajamento nas redes sociais maior do que qualquer outra mulher. Com 29,4 milhões de seguidores no Instagram, 9,2 milhões de assinantes do YouTube, 12,6 milhões de seguidores no Facebook e 7,3 milhões de seguidores no Twitter, além de 13 milhões ouvintes mensais no Spotify.

A série sobre Anitta será a primeira parceria entre a Shots Studios e a Netflix. Baseada em Los Angeles, a empresa de produção e gerenciamento foi fundada pelos irmãos Sam e John Shahidi. A lista de talentos da Shots inclui personalidades das redes sociais como Lele Pons, Rudy Mancuso, Anwar Jibawi, Hannah Stocking e o DJ Alesso.

Anitta no “Rock in Rio Lisboa”, em julho

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...