Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por várias mulheres

Oito mulheres acusaram Morgan Freeman de assédio e comportamento inadequado, de acordo com a CNN . No total, 16 pessoas falaram sobre o caso, sendo oito vítimas e oito testemunhas.

Uma jovem assistente de produção que trabalhou em Despedida em Grande Estilo, comédia estrelada por Freeman, Michael Caine e Alan Arkin em 2017, alega que Freeman a submeteu a toques indesejados em suas costas e fez diversos comentários sobre sua aparência.

Em um dos casos, ela relatou a insistência de Freeman em tocá-la: “ele continuou tentando levantar minha saia e perguntando se eu estava usando calcinha. Ele nunca levantou a saia com sucesso, ele a tocava e tentava levantá-la, eu me afastava, e então ele tentava novamente.”

Quatro pessoas que trabalharam em em sets de filmagem com Freeman, nos últimos dez anos, alegaram que seu comportamento deixava as mulheres desconfortáveis ​​no ambiente de trabalho. Dois, incluindo a mesma assistente cuja saia ele tentou levantar, disse que Freeman as sujeitou a toques indesejados. Testemunhas do sexo masculino também foram ouvidas.

Três mulheres disseram que ele fez comentários na frente de outras pessoas sobre suas roupas e seus corpos. Porém, elas disseram que não denunciaram o comportamento de Freeman porque temiam por seus empregos. Em vez disso, algumas das mulheres – inclusive nos sets de filmagens – disseram que descobriram maneiras de combater o suposto assédio por conta própria, mudando a maneira como se vestiam quando sabiam que ele estaria por perto. E sim, isso é um relato muito bizarro.

De acordo com a reportagem da CNN, três repórteres disseram que Freeman fez comentários impróprios a elas durante coletivas de imprensa, salientando que esse tipo de comportamento não se resume aos sets de gravações. Um delas, a jornalista Chloe Melas, que é co-autora do artigo, descobriu que outras mulheres tinham histórias parecidas com a dela, iniciando o processo de investigação que durou meses, até que se apurassem os fatos.

Segundo a publicação, dezenas de pessoas que trabalharamcom Freeman elogiaram o ator, dizendo que nunca testemunharam nenhum comportamento questionável. O representante do ator não respondeu ou comentou as acusações.

Morgan Freeman em “Despedida em Grande Estilo (2017)”

Aos 80 anos, Freeman é uma das maiores estrelas de Hollywood, com uma carreira cinematográfica que abrange quase cinco décadas. Versátil, Freeman esteve em filmes de diferentes gêneros como Conduzindo Miss Daisy (1989) , Um Sonho de Liberdade (1994), a trilogia Batman: O Cavaleiro das Trevas e Todo Poderoso (2003).

Morgan Freeman ganhou um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Menina de Ouro (2004), além de ter recebido outras quatro indicações. Seu trabalho de narração em documentários também é bastante conhecido, como nos ganhadores do Oscar O Longo Caminho para Casa (1997) e A Marcha dos Pinguins (2005).

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...