Luc Besson é acusado de drogar e estuprar atriz francesa

Uma jovem atriz que já trabalhou com Luc Besson em dois filmes, acusou o diretor de Valerian e a cidade dos Mil Planetas de estuprá-la e drogá-la, segundo informou o veículo de comunicação francês Europe 1, neste sábado.

A mulher, que pediu para não ser identificada, apresentou  a denúncia à polícia francesa, que se recusou a comentar o caso. Segundo ela, após drogar sua bebida, ele fez sexo com ela enquanto a mesma estava inconsciente.

De acordo com a emissora francesa, ela diz que ela acordou com memórias do ato sexual, acrescentando que Besson saiu do quarto de hotel deixando dinheiro.

Segundo informações da Variety, a atriz confirmou que que o incidente, descrito como uma “violenta agressão sexual”, aconteceu na quinta-feira, 10 de maio, após uma reunião com o diretor no Bristol Hotel, perto da Champs-Elysées, em Paris.

Besson não se pronunciou sobre o caso, mas o seu representante legal disse que o diretor negou categoricamente todas as acusações feitas contra ele. “Besson caiu de sua cadeira ao saber da existência da denúncia”, disse o porta voz do diretor.  Ele reconhece que se envolveu com a atriz, mas nega ter cometido qualquer abuso.

Além de Valerian, Besson dirigiu filmes como O Profissional (1994) O Quinto Elemento (1997) e Lucy (2014).

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...