The Walking Dead | O que esperar da batalha final entre Rick e Negan?

O momento da batalha final entre Rick (Andrew Lincoln) e Negan (Jeffrey Dean Morgan) está chegando. Após duas temporadas que envolveram brutalidade, submissão e confronto, além de muitas mortes, o momento em que os dois líderes estarão com os seus grupos frente a frente (de novo) finalmente deverá apresentar um desfecho, possibilitando novos rumos para a série.

Já no clima do desfecho da temporada, foram divulgadas na última segunda-feira (10) 16 fotos do último capítulo, Wrath. Nas imagens, o grupo de Rick aparece armado até os dentes. A sequência deve acontecer depois da suposta emboscada – ou tentativa – que Negan pretende preparar, conforme planejado no último episódio. Com exceção de Dwight, que aparece com a mesma roupa que Daryl usou quando era prisioneiro no Santuário, nenhum Salvador é mostrado.

Em uma das fotos, um possível flashback deve ser mostrado, com Rick e Carl caminhando, como na carta que o menino escreveu para o pai antes de morrer. Também vemos, ainda em Hilltop, Maggie conversando com Alden, um dos salvadores que vem tendo bom comportamento e liderou aqueles que escolheram não fugir. Resta saber quem eles apoiarão no confronto final.

Pelas entrevistas que você poderá conferir logo abaixo, sabe-se que haverão outras frentes de batalha, que irão desembocar em um momento derradeiro. Não vemos nas imagens, por exemplo, Aaron, que estava em Oceanside tentando recrutar a comunidade de mulheres para a guerra. Enid também não é vista.

Eugene e Gabriel, que terminam o último episódio na fábrica de munição, aparecem com Negan em uma pequena prévia divulgada, provavelmente quando eles se preparam para sair do Santuário. No teaser, que você pode assistir também aqui em baixo, o falso cientista encurrala o padre na mata, o que provavelmente pode ter acontecido antes, em uma tentativa de fuga. O teaser do episódio também aponta para o retorno de Jadis, que aparece brevemente no lixão, abrindo a porta do local onde Negan e Rick já foram presos por ela. Quem estará ali dessa vez?

O que acontecerá no episódio vai reverberar, inclusive, em outra série. Sabe-se que Morgan (Lennie James) estará na próxima temporada do spin-off Fear The Walking Dead. Como o seriado se passa em uma linha do tempo anterior aos eventos da série principal, ainda não é certo se haverá um salto temporal em Fear, ou se a sua participação na outra série se dará em algum momento em que o personagem esteve ausente. A enorme distância entre os arredores de Washington e a fronteira com o México despertam ainda mais a curiosidade dos fãs.

Um final definitivo para Negan e os Salvadores?

Em uma entrevista concedida ao EW, antes do último penúltimo episódio (Worth), Andrew Lincoln falou sobre episódio final e o descreveu como épico. “Eu diria que este é um banquete”, disse o ator se referindo ao episódio, dando a entender que muitas coisas irão acontecer.  “É uma estrutura bastante incomum, mas é muito emocionante, espero, porque é o que eu senti. Será épico”, completou Lincoln.

O intérprete disse ainda que não haverá um grande cliffhanger no season finale do próximo domingo. “Parece mesmo o desfecho de algo, mas também oferece vários interessantes arcos narrativos para o futuro, o que é bastante interessante.” As palavras do ator parecem indicar que a guerra pode se encerrar antes do final do episódio, com um vislumbre de um novo arco já sendo mostrado no próprio capítulo final.

A julgar pelas imagens divulgadas pela AMC, nada de Santuário ou Hilltop. O local em que a guerra provavelmente vai encontrar o seu fim será, aparentemente, o topo de uma colina. Andrew Lincoln  falou sobre o novo terreno que iremos conhecer: “A locação que nós filmamos foi fenomenal e incomum. Espero que pareça tão bom na tela como quando estávamos filmando lá.”

Intérprete de Daryl Dixon, Norman Reedus também havia falado sobre o final em outra entrevista. Segundo o ator, ao realizar uma comparação com os criticados episódios focados em apenas um personagem, o season finale irá caminhar em diferentes direções. “Há cerca de quatro elementos do final que são ótimos sozinhos. Há quatro coisas que acontecem ao mesmo e todas são muito satisfatórias.”

Creditos: Gene Page/AMC

O showrunner da série, Scott M. Gimple, também havia dito em fevereiro, que o arco da guerra total seria encerrado no episódio 16 da atual temporada, com algumas sementes sendo plantadas para a 9ª temporada. “É muito grande”, afirmou Gimple sobre o final. “Provavelmente é um pouco grande demais. Foi incrível o resultado de algumas das coisas que conseguimos fazer. Mas a intensidade emocional foi insana. E isso configura muito bem o início da próxima história”, disse o produtor, se referindo ao próximo arco.

Uma das grandes expectativas para os leitores dos quadrinhos de Robert Kirkman é o destino de Negan. Nas HQs, o líder dos Salvadores termina a guerra ferido e ao invés de ser morto, é aprisionado em Alexandria, recebendo visitas constantes de Carl e sendo supervisionado por Rick. Na série, como já sabemos, o menino morreu em Honor, episódio 9 dessa temporada. Muitos caminhos adotados pela série também foram diferentes, com mudanças que variam de adaptações bastante diferentes de personagens, enquanto alguns, que desempenham papéis importantes na TV, sequer existem.

Podemos citar como exemplo Andrea, que morreu na terceira temporada em Woodbury, quando o Governador ainda era o vilão da série. A personagem permaneceu viva durante muito tempo nos quadrinhos, desempenhando um papel importantíssimo na história. Já Carol, muito querida pelos fãs da série e mais viva do que nunca, é bastante diferente das HQs de Kirkman. Ela teve seu destino selado ainda na prisão, quando se suicidou. Se enumerarmos, a lista seria enorme, quase que como um efeito borboleta, como o próprio Scott M. Gimple declarou. “ Há algumas grandes mudanças que mudam o resultado de certos aspectos da história”, disse Gimple.

Certo mesmo é que, entre altos e baixos, o fim da jornada está próximo. O último episódio da 8ª temporada de The Walking DeadWrath, vai ao ar no próximo domingo, 15 de abril,  às 22:30h, na Fox.

Léo Barreto

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...