Reese Witherspoon revela que foi assediada sexualmente por um diretor aos 16 anos

Desde que as denúncias sobre os abusos sexuais cometidos por Harvey Weinstein vieram a tona, não param de surgir novos relatos. Desta vez Reese Witherspoon abriu o jogo sobre os bastidores de Hollywood, durante um discurso no evento Elle ‘s Women, na noite de segunda-feira. A informação é do TWR.

A atriz revelou que ela foi assediada sexualmente por um diretor quando tinha apenas 16 anos e disse que não foi a única vez que experimentou um comportamento inadequado em sua carreira, acrescentando que sentiu-se envergonhada por ficar em silêncio.

“Eu sinto um verdadeiro desgosto com o diretor que me assediou quando eu tinha 16 anos e raiva dos agentes e dos produtores que me fizeram crer que o silêncio era uma condição do meu emprego”, disse Witherspoon. “Eu gostaria de poder dizer que foi um incidente isolado na minha carreira, mas, infelizmente não foi. Eu tive várias experiências de assédio e agressão sexual e não falo muito sobre eles “.

A atriz ainda falou sobre as denúncias que abalaram a capital do cinema mundial:

“Esta foi uma semana muito difícil para as mulheres em Hollywood, para as mulheres em todo o mundo em um monte de situações onde são forçadas a lembrar e a reviver verdades muito feias. Eu tenho minhas próprias experiências que voltaram de forma muito vívida e acho difícil dormir, difícil de pensar, difícil expressar muitos dos sentimentos que tenho tido sobre ansiedade, ser honesta, a culpa por não falar mais cedo, por não tomar medidas”, disse a atriz.

Reese Witherspoon em “Big Little Lies” (2017)

Reese também ressaltou a importância das crescentes denúncias que vem ocorrendo:

“Depois de ouvir todas as histórias nos últimos dias e ouvir essas mulheres corajosas falarem hoje a noite sobre coisas que nos pedem para varrer debaixo do tapete e para não falar sobre isso, isto me fez querer falar alto, porque na verdade eu me senti menos sozinha esta semana do que me senti na minha carreira inteira. Acabei de falar com tantas atrizes e escritores, particularmente mulheres, que tiveram experiências semelhantes e muitas delas se tornaram publicamente feridas com suas histórias. Essa verdade é muito encorajadora para mim e para todos no mundo, porque você só pode curar dizendo a verdade “.

A atriz não revelou o nome do diretor. Porém, Reese possui 41 anos. Entre 1991 e 1993, ela participou de filmes como: No Mundo da Lua, de Robert Mulligan; Desperate Choices: To Save My Child, de  Andy Tennant; Viagem ao Grande Deserto, de Mikael Salomon; Dias Amargos, de Marshall Herskovitz; além de minissérie Return to Lonesome Dove, cujos 4 episódios foram dirigidos por Mike Robe.

Mudança de cultura

A presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, também realizou um discurso durante o evento, no qual falou sobre o assédio sexual e as histórias que dominaram o noticiário na semana passada, sobre o comportamento repulsivo de Harvey Weinstein.

Kennedy propôs o estabelecimento de uma comissão pelas instituições que constituem a indústria do cinema – estúdios, sindicatos, sindicatos e agências de talentos – para mudar a cultura em Hollywood que permitiu que o comportamento sexualmente inapropriado continuasse por todos esses anos.


Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...

One thought on “Reese Witherspoon revela que foi assediada sexualmente por um diretor aos 16 anos

Deixe seu comentário: