Crítica | The Night Of 01×01: The Beach

A HBO estreou ontem sua nova série limitada, causando uma boa impressão com o episódio The Beach. Trazendo uma carga de suspense elevada, The Night Of deixou em aberto várias perguntas que serão respondidas ao longo de seus sete episódios restantes, e a principal delas e que resume bem a trama é: o que aconteceu?

O drama policial tem como protagonista Nasir Khan (Riz Ahmed), um jovem estudante, descendente de paquistaneses. Após pegar o táxi do pai sem avisar para ir à uma festa, ele conhece a bela Andrea (Sofia Black-D’Elia), com quem passa a noite. Ao acordar, ainda de madrugada, ele a encontra esfaqueada e morta e é acusado de tê-la assassinado.

the-night-of-abertura

A premissa embora pareça simples, tem seu grande trunfo na complexidade do ato e nos mistérios acerca do mesmo, mirando em alguns aspectos interessantes como xenofobia e os procedimentos investigativos da polícia; a forma como tudo isso será conduzido deverá mover a trama. Entretanto, outro fator chamou bastante atenção neste piloto: a verossimilidade das situações. A partir de situações bem plausíveis, o roteiro se mostra bem amarrado. Mesmo com envolvimento repentino de Naz com Andrea, a narrativa o torna ingênuo e por vezes atrapalhado, mas sem ser bobo demais. 

Andrea-The-Night-Of

Tudo se passa durante a noite do crime e o piloto, com 1 hora e 18 minutos, é intenso na carga dramática. Desde a tensão sexual entre Naz e Andrea, passando pela descoberta do rapaz e o encontro com os policiais, nota-se que todo movimento é articulado de forma meticulosa, e o apuro na direção de direção de Steven Zaillian é notável em nos dar a exata dimensão do que está acontecendo em tela, e ao mesmo tempo acabamos compartilhando a angustia do protagonista. As cenas no táxi e no apartamento são ótimas e as atuações, de um modo geral são bem competentes. Outros personagens bastante promissores são o detetive Box (Bill Camp) e o advogado Jack Stone (John Turturro). Enquanto o primeiro se mostra metódico e bastante respeitado em seu meio, o segundo parece viver um momento desacreditado na carreira, em meio a casos de porta de cadeia. Com pouco tempo de cena, John Turturro consegue mostrar ao que veio e deve ser um dos destaques da produção.

Stone-The-Night-Of

A abertura da série remete um aclamado drama policial da emissora: True Detective. Mas as referencias não param por ai. A fotografia de Robert Elswit lembra bastante O Abutre (2014), um de seus últimos trabalhos no qual Riz Ahmed também atuou. A ambientação do episódio é quase toda no escuro, com exceção da primeira e última cena, com bastante destaque para as ruas de Nova Iorque. Todos os aspectos da cidade, desde a beleza de alguns locais e a sujeira de outros ficam bem expostos, assim como todas as cenas ambientadas no bairro onde ocorre o crime. Há uma cena na Ponte do Brooklin que, visualmente falando, é muito bacana por sinal. Tudo é bastante crível, e o conjunto da obra faz a diferença.

Com uma história envolvente, boa narrativa e uma estética apurada, The Night Of surge com um piloto altamente recomendado e que tem tudo para se tornar uma ótima minissérie. A princípio, as noites de Domingo que ficaram vagas após o final da 6º temporada de Game of Thrones foram bem ocupadas.


Se você gostou dessa publicação, deixe sua opinião, comente e participe. Para acompanhar as publicações do Quarta Parede, siga as redes sociais do blog e receba notificações de novos posts!

Carioca, apreciador de filmes e séries em tempo integral, quando o Bernardo (filho dele) deixa. Iniciou sua admiração pela sétima arte com os clássicos da sessão da tarde e se apaixonou pelo mundo das séries quando o Voo 815, da Oceanic, caiu misteriosamente em algum lugar no meio do nada...